Flashforward – O começo de uma grande série

Neste final de tarde de sábado, eu e meu amigo Cristopher começamos a assistir uma série nova. Eu já havia ouvido falar dela no twitter, e o pessoal sempre falou bem. Como eu tinha que analisar mais de perto para dar minha opinião, assistimos os dois episódios até então lançados, e aí vem a surpresa. Flashforward owns!!!

É difícil afirmar esse tipo de coisa quando só se assistiu dois episódios. Algumas coisas começam com aquele pique todo e com o passar do tempo se esvaem em bobeiras ou em coisas que não são mais interessantes. De um modo um pouco diferente, outras começam fracas e depois tem finais fantásticos, contrariando todas as expectativas. Mas com Flashforward é diferente, é genial.

Uma breve sinopse que eu poderia dizer seria: Pessoas normais, cada uma delas com seu trabalho. Cada uma vive sua vida, cada uma tem seus problemas. E em um belo dia ensolarado (isso depende muito do lugar do planeta onde você esteja, mas na série é ensolarado, whatever), algo catastrófico, faraônico, colossal, aconteceu. Notem que são apenas adjetivos de tamanho, e apenas isso. Eu não me referi se isso foi bom ou ruim, e isso vai ser difícil dizer até o fim da série. Todas as pessoas do mundo desmaiaram por dois minutos e dezessete segundos, tendo uma visão de seus futuros (um flashforward, o contrário de um flashback para quem não se tocou :P). Em cima deste contexto fascinante, muitas considerações podem ser feitas. Além das questões básicas que todos gostariam de saber as respostas:
– Quem fez isso?
– Vai acontecer novamente?
– É real?
As pessoas também começam a entrar em conflitos pessoais, sobre o que é realidade, e o que não é. Realidade no sentido de se isso vai ser um fato inevitável, ou podemos mudar o futuro?

Posso estar errado, e Flashforward tornar-se algo monótono. Mas eu realmente espero que não, eu realmente espero que esta série continue boa como está, e que melhore cada vez mais!

Na comunidade do orkut vocês podem encontrar todos os episódios
lançados até agora, em todos os formatos, com legenda ou sem, enfim, como quiserem.

Esse meu post poderia ser repleto de questões que comecei a filosofar após assistir estes dois episódios, mas isso incluiria um inevitável spoiler. Acho que deixarei isso para quando a primeira temporada acabar, e eu não estragaria a diversão de ninguém 🙂

Um abraço a todos, e se resolverem assistir, não deixem de comentar suas impressões sobre os primeiros episódios.

Anúncios

~ por lucasradaelli em 10 de outubro de 2009.

9 Respostas to “Flashforward – O começo de uma grande série”

  1. Bom, parece muuuito boa mesmo, mas, até o proximo 24 de Abril a gente tem certeza disso, eu espero…=D

  2. eu ia deixar como comentário uma frase (a ultima frase do segundo episódio), mas ia ser um spoiler :p

    Enfim… FlashForward *__*

  3. Ah, acabei de ler que flashforward serão cinco temporadas. Ótimo, vamos ter histórias por um bom tempo!

  4. opa! conflitos psicologicos 😛
    a realidade eh diferente pra cada um, conflitos sempre vão existir!

  5. Bom, o layout do site é bacana. Talvez não tenha uma escolha perfeita de cores, mas não é um site feio. Inclusive, é mais fácil de ler que o twitter comum, e mais organizado. Gostei da parte das mentions, e o site tem navegação muito fácil. #win

  6. aaaaa, pelo jeito deve ser muito legal, mas vou espera vc assistir mais alguns episódios para que eu tenha certeza que nao vá virar monotomo que nem uma novela Globistica usahsauashuashasuhauhs -*-

  7. Cinco temporadas? sério, vai dar merda e vai perder a graça daqui um tempo, aposto! É bom q tenha uma boa continuação pra esses primeiros episodios… e poh, mal começou e ja definiram cinco temporadas?que roteiristas no life cara…

  8. Há controvérsias. Pega Lost e super natural por exemplo, as séries começam a ficar mais do que boas depois da quarta, quinta temporada, lol

  9. espero que voçe fale um pouco mais sobre isso
    e então quem sabe assisto 😀

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: